Diocese de Viana do Castelo •

Igreja Católica no Alto Minho

66º Cursilho de Senhoras

Dando cumprimento ao calendário estabelecido para as atividades Pastorais a decorrer no presente ano, o Movimento dos Cursinhos de Cristandade, da Diocese de Viana do Castelo, realizou mais um Cursilho de Cristandade de Senhoras que decorreu de 27 de fevereiro a 02 de março, no Centro Pastoral Paulo VI.

A Equipa Sacerdotal do Cursilho foi constituída pelos Reverendos Padres: Eugénio Freitas da Silva que foi o Diretor Espiritual do Cursilho, Padre Manuel de Almeida Sousa e Padre José Aguiar Correia de Sá.
Foi Reitora do Cursilho, Anabela de Jesus Antunes Vau de Vilar de Mouros, que coordenou a equipa Leiga, composta por nove Dirigentes provenientes de vários Arciprestados da Diocese.

A Clausura de encerramento e a Eucaristia, tiveram lugar no Auditório do Centro Pastoral Paulo VI em Darque e contou com a presença de cerca de 500 Cursilhistas vindos de toda a Diocese.
Nos seus testemunhos as novas Cursilhistas, depois de se referirem aos três dias do Cursilho como sendo dias de enorme espiritualidade e testemunho, projetaram as suas vidas para o pós Cursilho, com propostas de um enriquecimento e testemunho na família, nas suas comunidades e na sociedade em geral, procurando por em prática o grande papel que cabe a cada Cristão de reevangelizar os seus ambientes.
A Eucaristia foi Presidida pelo Bispo da Diocese, D. Anacleto Oliveira e concelebrada por sete Sacerdotes.

Dados Estatísticos

Proveniência das novas Cursilhistas

  • Arcos de Valdevez 1

  • Monção 1

  • Ponte do Lima 4

  • Valença 4

  • Viana do Castelo 5

  • Vila Nova de Cerveira 4


Média de idades
  • A Cursilhista mais nova tem 19 anos

  • A Cursilhista mais velho 79 anos

  • A média de idades dos novos Cursilhista foi de 52 anos


66º. CCS  -  02-03-2013

Homilia o nosso Bispo
Na homilia D. Anacleto Oliveira, começou por referir: o que eu sinto necessidade de dizer neste momento não é para vós, é para o Senhor e convidou a Assembleia a cantar “Senhor sois um Deus Clemente e compassivo”.
Deus sofre com aqueles que tem sofrimentos normais, com os que se desviam dos seus caminhos. Vós aceitastes o repto de Jesus, deitando cá para fora o que não presta. Convertei-vos e deitai cá para fora as vossas dúvidas.