Diocese de Viana do Castelo •

Igreja Católica no Alto Minho

Dia de Espiritualidade

A 2 de Dezembro o MCC da Diocese de Viana do Castelo, realizou o “Dia de Espiritualidade”, no auditório do Centro Pastoral Paulo VI, em Darque, sob o lema do “Ano da Fé”
O palestrante convidado, Pe. Nuno Ventura, da Congregação dos Padres Passionistas, começou por referir a oportunidade de aprofundar a nossa fé em 1º. Domingo do Advento.
A reflexão baseou-se na Carta Apostólica “Porta Fidei – A Porta da Fé”, de Bento XVI, para o Ano da Fé e na Carta Pastoral do nosso Bispo, D. Anacleto Oliveira “Cristo em Vós - A Esperança da Glória”
O Pe. Nuno escolheu o “Credo”, para base de uma profunda reflexão, começando por dizer: “muita gente reduz a Fé às suas consequências sociais”; “se eu atuo de alguma forma é porque acredito naquilo que faço”; “é necessário que meditemos sobre a Fé vivida, a Fé professada e a Fé celebrada, como nos é recomendado na citada carta ‘Porta da Fé’”.
Nós temos necessidade de uma síntese da Fé. O “Credo” é essa síntese, é um resumo da nossa Fé.
A nossa Fé confere-nos a nossa identidade, diz-nos quem somos! - Devemos saber quem somos. O “Credo” é também um sinal de união e comunhão dos Cristãos, empatia entre pessoas que o professam, comunhão no espaço e no tempo. A nossa identidade está no Credo.

Dia_espiritualidade_02-2012


Depois de uma longa e enriquecedora reflexão sobre o “Credo” e tudo que dele emana, atentamente escutado pelos Cursilhistas presentes, o dia de Espiritualidade, que teve inicio pelas 9h30 e contou com a presença de muitos Cursilhistas, vindos dos vários Arciprestados da nossa Diocese, culminou pela 15h45, com a
Celebração da Eucaristia, presidida pelo Pe. Nuno e concelebrada pelo Pe. Manuel José Torres Lima, Assistente Espiritual do MCC.